Perguntas mais frequentes

1. O que é Logística Integrada?

Resposta: É o efetivo planejamento, execução e controle do fluxo de recursos, equipamentos e informações, desde a sua origem até o seu destino final, pela sua perfeita gestão, baseada na intensa utilização da tecnologia da informação e no conhecimento dos aspectos e efeitos da globalização. Isto significa, em operações de importação ou de exportação, simples ou complexas, planejar, executar e controlar essas operações, de e para qualquer local do globo terrestre, da forma mais efetiva possível.

2. Como avaliar a expertise e a competência de uma empresa de logística?

Resposta: É possível avaliar a expertise e a competência de uma empresa de logística de duas formas. Uma delas é a constatação do sucesso de suas operações e dos resultados de seus projetos efetivamente concluídos. Essa constatação pode ser obtida a partir de informações de mercado, via website ou consultas a Clientes.

A outra forma de avaliar, mais objetiva, é consultando diretamente a empresa de logística, com relação a qualquer necessidade que se tenha. Quanto mais complexa ou técnica for essa consulta, melhor será o resultado dessa avaliação, em termos de confiança na empresa, sua estrutura e suas características e procedimentos operacionais.

3. É possível contratar uma empresa de logística que coordene o transporte internacional, o desembaraço alfandegário e o transporte local, além de prestar diversos serviços de consultoria especializada em comércio exterior?

Resposta: Sim, há empresas que operam em regime "door-to-door", assumindo o completo fluxo de procedimentos operacionais de logística, desde a origem industrial do bem importado, no país exportador, até a entrega nas instalações definitivas do Cliente, no país importador.

Há também empresas que acumularam conhecimentos técnicos especializados, prestando serviços de consultoria em todas as áreas do Comércio Exterior brasileiro, desde orientações básicas e cadastramentos iniciais nos Órgãos necessários, até Pleitos complexos para enquadramento e utilização de Regimes Aduaneiros Especiais, de Isenções, Reduções Tarifárias e outros Benefícios atípicos.

A Logimex é uma empresa que pode atender a todas as necessidades acima, de forma independente ou conjunta, dependendo do interesse do Cliente.

4. Há dificuldades, entraves ou complicações para importar ou exportar pela primeira vez?

Resposta: De forma alguma! O que deve ser feito apenas é buscar orientações adequadas, efetuar todos os credenciamentos necessários para estar habilitada como importadora ou exportadora, seja Pessoa Física ou Jurídica, avaliar e selecionar fornecedores e/ou mercados e estar organizada ou estruturada para iniciar as suas operações.

A Logimex poderá orientar, acompanhar e executar o que for necessário, desde o início e continuamente, no que disser respeito às operações do dia a dia.

5. Quais os procedimentos para redução de custos e de prazos em importações complexas de máquinas, equipamentos e plantas industriais?

Resposta: Existem diversos procedimentos que, se adotados corretamente, permitirão reduzir custos e prazos em importações complexas de máquinas, equipamentos e plantas industriais. Os procedimentos de emissão de DI's únicas, entrega antecipada, embarques fracionados, início de montagem antes do desembaraço, descarga direta e adequação do fluxo financeiro da operação de importação ao cronograma de embarque e a utilização de todas as reduções fiscais cabíveis, entre outros, podem permitir obter-se reduções significativas em custos e em prazos.

A Logimex vem adotando todos esses procedimentos há muito tempo, obtendo economias consideráveis para os seus Clientes.

6. Como importar apenas linhas de produção e expansões industriais?

Resposta: As linhas de produção e as expansões industriais são compostas de máquinas e de equipamentos e, como tal, podem ser importadas da mesma forma que plantas industriais completas. Os procedimentos, em termos da utilização de regimes especiais e da adoção dos benefícios fiscais cabíveis, também são os mesmos.

A Logimex é profunda conhecedora dos procedimentos em questão e pode executar perfeitamente todas as ações de logística necessárias na importação de linhas de produção e de expansões industriais.

7. É possível importar máquinas, equipamentos e plantas industriais usadas?

Resposta: Sim, é perfeitamente possível importar máquinas, equipamentos e plantas industriais usadas, desde que seja corretamente interpretada e utilizada toda a correspondente legislação vigente.

A Logimex vem orientando regularmente os seus Clientes a respeito, já tendo coordenado diversas vezes, sob o ponto de vista logístico, a importação de ativos industriais usados.

8. O mercado brasileiro é importador de produtos siderúrgicos?

Resposta: Sim, o mercado é regido por livre concorrência. Os importadores brasileiros devem estar atentos à qualidade e ao atendimento das especificações desejadas, exigências dos órgãos competentes do nosso País. A emissão de laudos de fabricação e de certificados de origem muitas vezes é procedimento fundamental em importações de produtos siderúrgicos.

A Logimex detém larga experiência em importações de chapas, bobinas, placas, vergalhões, cabos e outros produtos siderúrgicos e poderá atender quaisquer necessidades a respeito.

9. Há fornecedores internacionais competitivos, no segmento de tecidos e de vestuário?

Resposta: Sim, há vários, na Ásia, na Europa e até na América Latina. E é possível, para qualquer empresa brasileira do segmento de tecidos e vestuário, buscar no Exterior opções confiáveis em qualidade e competitivas em condições comerciais, desenvolver produtos, analisar amostras e iniciar um processo de importação que se torne regular e crescente.

A Logimex é responsável por mais de 70% do volume de importações de tecidos e vestuário, pelo Porto do Rio de Janeiro, atuando em estreita parceria com fornecedores mundiais, podendo orientar qualquer empresa que queira importar essas mercadorias.

10. Quais as possíveis proteções para o importador, contra prejuízos eventualmente causados pela empresa de logística contratada?

Resposta: Há diversos tipos de seguros que preservam o importador e a sua carga, ao longo de toda a operação logística, em um processo de importação. Além dos seguros da carga e de transporte, marítimo, aéreo, ferroviário ou rodoviário, a Logimex detém um Seguro de Responsabilidade Civil Profissional contratado e renovado anualmente, o que garante aos seus Clientes o ressarcimento de quaisquer danos e prejuízos causados por erros e/ou omissões de seus colaboradores, fornecedores ou parceiros.

11. Quais os benefícios obtidos com a adoção de regimes aduaneiros e de benefícios fiscais diversos?

Resposta: Há vários benefícios, destacando-se a redução significativa dos custos finais de qualquer operação de importação, principalmente as relativas a máquinas, equipamentos, linhas de produção e plantas industriais completas, novas ou usadas.

O completo e perfeito entendimento da operação, antes do seu início, permite a identificação de todos os regimes aduaneiros, inclusive os especiais, passíveis de serem utilizados. O conhecimento atualizado da legislação aplicável e a sua aplicação na operação em questão, por outro lado, permite a plena adoção dos benefícios fiscais em vigor. Isto tudo permitirá maximizar as reduções de prazos operacionais, de transporte e de armazenagem, a utilização de níveis e de alíquotas diferenciadas de taxas, impostos e tributos, a suspensão de vários encargos de natureza administrativa e fiscal e o eventual volume de investimentos originalmente previsto.

12. Como proceder, ao verificar-se que operações mais complexas de importação estão excedendo significativamente os custos orçados e os prazos previstos?

Resposta: Efetuar um diagnóstico detalhado da situação, além de uma revisão técnica de todos os procedimentos adotados nessas operações, desde as definições e decisões iniciais adotadas, passando pelas contratações efetuadas com os diversos prestadores de serviços, até um acompanhamento preciso do desenvolvimento dessas contratações.

A Logimex poderá prestar um serviço de consultoria, RTOL - Revisão Técnica da Operação Logística, pelo qual são identificadas as ações necessárias para redução de prazos e custos nas operações em andamento indicadas pelos interessados.

13. Como exportar com sucesso produtos já consagrados no mercado brasileiro?

Resposta: A empresa que irá exportar pela primeira vez deve conhecer bem o mercado alvo e suas necessidades, a concorrência internacional e local, a estrutura comercial e de suporte a ser utilizada no mercado alvo, a composição detalhada dos custos e margens relativas aos produtos que serão exportados, desde a sua origem até o seu destino final, bem como conhecer também todos os benefícios, isenções e demais vantagens que a legislação brasileira oferece ao exportador e aos produtos exportados.

A Logimex está plenamente capacitada a prestar serviços completos de cadastramento como exportador, de consultoria e de execução das diversas ações necessárias aos processos de exportação de produtos brasileiros.

14. Como participar da crescente demanda existente no segmento brasileiro de óleo e gás?

Resposta: O mercado brasileiro de óleo e gás vem atraindo investidores de todo o mundo, movimento esse que deverá continuar pelos próximos 30 anos, no mínimo. As empresas estrangeiras que queiram participar, de forma ativa, desse mercado, devem conhecer todos os procedimentos específicos adotados e aproveitar todos os benefícios e regimes especiais existentes, além de obterem o seu CRCC - Certificado de Registro e Classificação Cadastral, credenciamento indispensável para fornecer produtos ou serviços para a Petrobrás. Esse credenciamento também vem sendo cada vez mais considerado, nos processos de homologação de fornecedores de produtos ou serviços, para outras Operadoras de Óleo e Gás, particularmente as multinacionais que operam no Brasil.

A Logimex poderá orientar as empresas estrangeiras que venham a operar no segmento de óleo e gás no Brasil, além de prestar todos os serviços de logística associados.

15. Como aproveitar as oportunidades de negócios com a China, considerando-se aspectos políticos, comerciais e culturais?

Resposta: A China vem se tornando gradativamente o país de maior volume de investimentos no Brasil, além de ser o maior parceiro comercial do Brasil, nos últimos dois anos. Isto atrai a atenção e o interesse de exportadores e importadores nacionais, os quais devem estar bem preparados para aproveitar as inúmeras oportunidades de negócios existentes e que continuarão a existir por um bom tempo.

As orientações relativas às exportações brasileiras incluem as já expostas na Pergunta 13 ("Como exportar com sucesso produtos já consagrados no mercado brasileiro?"), com uma atenção especial ao conhecimento do mercado alvo e a utilização de agentes/representantes locais, a qual pode ser satisfeita com viagens regulares e objetivas à China.

As orientações relativas às importações brasileiras incluem, principalmente, todas aquelas referentes ao conhecimento da legislação aduaneira e fiscal brasileira, ao cuidado na elaboração de toda a documentação na origem, associada às importações e na correta utilização de todos os regimes especiais e benefícios fiscais cabíveis.

Os aspectos comerciais estão basicamente considerados acima. Os aspectos políticos e culturais dependem da natureza e das características de cada operação, no entanto deve ser ressaltado que a tradição, a experiência e a confiança decorrente de importações bem sucedidas contam significativamente na contratação de novas operações.

A Logimex conhece bem os aspectos políticos, comerciais e culturais de operações com a China e atua com parceiros locais e internacionais de reconhecida competência.